domingo, 17 de março de 2013

Vida

Nuvens.
Assim corre o tempo
devarinho, muito lento
ou rápido, lampeiro
como se o açúcar
pudesse, eventualmente,
fugir do açucareiro!


Cinzento,
como os dias que passam,
depressa demais
eras atrás de eras
futuras e ancestrais
assim é a vida que passa
como só o espelho reconhece.
 
Mara Cepeda

Sem comentários:

Enviar um comentário